Parem de ser budistas

por soaressilva

Não medito. Não só não medito, como imploro a você com histeria desmedida que não medite também. Pois, que é a meditação? Que é a meditação, mestre? Meditar é pegar uma pedra e atirá-la no macaquinho da sua mente, aquele descrito em todos os livros de introdução à meditação no estado de pular freneticamente de pensamento em pensamento. Você atira uma pedra no macaquinho da sua mente, ele cai aturdido no chão, respirando com dificuldade, sangue brotando do seu rostinho. Pode bem ser que a sua mente se acalme, neófito, que os galhos da sua mente deixem de ser sacudidos o tempo todo largando folhas parrudas no solo lamacento da sua psique. Pode bem ser que você fique em paz sem o macaco e tome iogurte como numa propaganda de iogurte, todo magro e freaking put-together. Mas quem escreve os seus livros? Quem escreveu todos os livros da civilização ocidental? Quem teve todas as idéias que a ciência e a técnica tiveram? Que mente em paz e parada é capaz de uma única associação de idéias? Pois o macaco da sua mente, o macaco mesmo é a civilização ocidental, com sua carinha triste e enrugadinha e seus gestos rapidinhos. Faça respiração boca-a-boca no macaquinho ferido da mente ocidental. A meditação são pedras que o oriente lança contra nós acá, contra nossas mentes que eles abominam. E nem estou exagerando, eles dizem com todas as letras que nos abominam e às nossas mentes. “No Ocidente eles pensam que… A mente ocidental é por demais…” E você acata? Que deu em você? Nos seus brios, nos famosos pelos das suas ventas? Seus antepassados olham para você do Valhala italiano ou português, e as barbas deles fremem de atarantamento ao vê-lo sentado no chão do banheiro em posição de lótus, como um pagão. Eu compreendo que às vezes você se sente agitado demais, mas nesse caso toma um suco de maracujá e respira fundo, uma vez, duas vezes no máximo, como um ocidental.

Anúncios